Portas de Entrada

As Portas de Entrada do Vale do Tua são espaços físicos interativos, de conhecimento e promoção do território do Vale do Tua, e são complementares ao Centro Interpretativo do Vale do Tua – CIVT, situado em Foz Tua, no concelho de Carrazeda de Ansiães.

São cinco as Portas de Entrada – PE, uma por cada concelho da área geográfica do Vale do Tua, que apesar de independentes em termos de funcionamento e gestão, trabalham de forma articulada entre si, e o Parque Natural Regional do Vale do Tua – PNRVT. Estes espaços abordam vários conteúdos, focados essencialmente na vertente da preservação e valorização ambiental, mas também na herança cultural e patrimonial, na economia local e nas dinâmicas sociais de todo o território. Este projeto foi conseguido através de financiamento do Turismo de Portugal, cuja empresa responsável pela conceção e implementação das soluções interativas foi a FCo. – Fullservice Company in Multimedia, Lda.

As Portas do Vale do Tua funcionam como um ponto de partida, para que os visitantes se possam familiarizar com o território, para procura de informação, obter apoio, solicitar serviços e adquirir produtos tradicionais. Para além disso, sendo estes espaços dinâmicos e interativos, poderão aprender e divertir-se em simultâneo.

Estes espaços promovem a identidade territorial como um todo, sem prejuízo de valorização das especificidades locais, assim, cada PE é única, quer pela sua posição, arquitetura, envolvência e dimensão, quer pelas soluções que se podem constituir em cada uma delas. A cada Porta é associada uma cor, um animal, um slogan e ainda um dos cinco sentidos. Poderá iniciar a sua visita por qualquer uma das Portas, contudo a visita só ficará completa e plena, passando por todas.

Resumidamente, estes espaços:

  • Centralizam a oferta do PNRVT numa estrutura específica para fins turísticos;
  • Criam motivos de atração adicional e um bom serviço ao visitante;
  • Monitorizam o acesso de visitantes e organizam atividades de visitação;
  • Promovem a sensibilização e educação ambiental;
  • Potenciam o desenvolvimento de atividades paralelas, sejam elas de cariz lúdico, cultural ou científico;
  • Incentivam o prolongamento do período médio de estadia no PNRVT e concelhos integrantes, enriquecendo o tempo passado durante a visita.

A concretização destes espaços representa mais um contributo para a afirmação de um território que se distingue do ponto de vista ambiental, cultural, patrimonial, gastronómico e social, e que vê no turismo e no potencial de visitação, uma fonte de oportunidades e de desenvolvimento.

Traduzir»