PNRVT – Parque Natural Regional Vale do TuaPNRVT – Parque Natural Regional Vale do Tua

PNRVT - Parque Natural Regional Vale do Tua

Already a member?

PNRVT – Parque Natural Regional Vale do TuaPNRVT – Parque Natural Regional Vale do Tua
Forgot password?

Don't have an account?

SOLAR DOS CONDES DE VINHAIS

Arquitetura Civil / Imóvel de Interesse Público

O Solar dos Condes de Vinhais localiza-se na zona antiga de Mirandela e a sua construção remonta, provavelmente, ao século XVI. Ernesto Sales (1950, II: 9) refere que em 1589 foi instituído o Morgado de Santiago, por Belchior Pinto Cardoso, reitor de Mirandela. O actual nome – Condes de Vinhais – surge no ano de 1847, D. Maria II instituir o titulo de Condes de Vinhais, a favor de Simão da Costa Pessoa, natural da localidade de Vinhais e com uma carreira militar de relevo, tendo sido distinguido anteriormente com os títulos de Barão e Visconde.
De planta longitudinal, apresenta fachada principal seccionada em três corpos. Ao centro, o eixo formado pela porta e pela janela de sacada, ambas de verga recta, é acentuado pelo brasão de armas dos Condes de Vinhais que faz elevar a linha do telhado e culmina com a imagem em pedra representando o apóstolo São Tiago a cavalo, e empunhando uma lança, vestido de combatente, proveniente da parte superior do arco da Porta de Santiago, uma das três portas que acedia ao interior da muralha de D. Diniz, porta esta que ficava mais ou menos defronte da actual imagem, demolida em 1880, alegando-se então que o estrangulamento da porta dificultava o trânsito a veículos de carga.

Na extremidade direita, possui uma escadaria de granito, iniciada com coluna e rematada por uma esfera armilar com o brasão adossado, permite o acesso à varanda alpendrada, suportada por colunas coríntias.

Num dos três compartimentos que liga a partir da varanda alpendrada exterior voltada para a Praça, encontra-se numa das suas paredes interior um altar simples de madeira pintada, com alguma talha, de invocação a São Tiago, mas desprovido de qualquer imagem.

Serviu em meados do século XX a Escola Técnica, tendo também sido sede da Mocidade Portuguesa e da Legião Portuguesa, sendo que já após 1974, ficou aí instalado durante alguns anos o Instituto de Emprego e Formação Profissional. Hoje o edifício encontra-se devoluto em todo o piso superior.

Encontra-se classificado como de Imóvel de Interesse Público no ano de 1986.

Fonte: Câmara Municipal de Mirandela