Oriundos do Brasil e dos Estados Unidos da América, um grupo de jornalistas e operadores turísticos participaram numa ação de “familiarização”, pelos cinco municípios que integram o Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT): Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor.

Este grupo chegou ao território no âmbito da parceria estabelecida pelo PNRVT, AETUR (Associação de Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes) e outras entidades empresariais que participaram na “Rota Magalhânica”.

Numa primeira iniciativa as entidades territoriais referidas participaram em ações de promoção no Uruguai, Argentina, Brasil, Estados Unidos e Canadá, levando produtos e informação turística diversa a esses países, reunindo com empresários e agentes de viagens. Desta feita, numa “ação inversa” de promoção, foram os operadores turísticos e jornalistas que vieram visitar o território, colher motivos, para poderem organizar pacotes e fazerem sugestões de viagens.

A visita iniciou no Museu da Oliveira e do Azeite, em Mirandela, focada nos produtos de excelência do território, que também definem a economia local, a própria cultura e gastronomia. “E para além do azeite, temos os queijos, o mel e, claro a alheira de Mirandela”, exemplificou a vereadora responsável pelo setor do turismo na autarquia mirandelense, Vera Preto.

A paisagem, percetível na sua plenitude a partir dos miradouros, é outra das marcas do território, há locais com o Santuário da Senhora da Assunção, em Vila Flor, que mostram a região no seu esplendor e que, em simultâneo, nos “falam” da fé e religiosidade da comunidade local, da devoção também a este Vale, que de tão agreste se torna tenro.

O Miradouro “Olhos do Tua”, no município de Carrazeda de Ansiães, pela sua espetacularidade poupa as palavras. Local de excelência para as tão populares “selfies”, que ninguém dispensou.

Fim de tarde com provas de vinho e degustação de produtos locais, foi em Foz-Tua poderia ter sido em Murça ou Alijó, igualmente excelentes em vinhos e produtos locais. Este último concelho, que faz já a transição do Tua com o Douro, foi o local escolhido para um jantar de degustação da gastronomia regional. “Alijó é também Douro, aliás é o município com maior área integrada no Douro Património da Humanidade, classificação atribuída pela Unesco”, sublinhou o autarca local, José Paredes.

“Terminamos esta experiência já junto ao Douro porque também nos interessa associar a marca “Tua” à marca já consagrada “Douro”, reforçou o diretor do PNRVT, Artur Cascarejo.

Mário Artur Lopes, presidente da Câmara de Murça, acrescentou que para além da “paisagem, biodiversidade, património e cultura, gastronomia, a região tem um enorme potencial cinegético”, e este é um setor que Murça quer desenvolver.

Uma Fam Trip que também foi uma Press Trip, aproveitada pelo PNRVT para alavancar a promoção internacional do território.