O Parque Natural Regional do Tua (PNRVT) é uma das entidades fundadoras da recém-criada Associação Magalhânica – REMAM, uma iniciativa lançada pela AETUR – Associação de Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes.

Definida como “uma Associação que dá a volta ao mundo, partindo do Douro, e juntando numa mesma plataforma e espírito Magalhânico centenas de associações, empresas e embaixadas”, este projeto pretende “planear, expandir, inovar, descobrir, e concretizar novos modelos de negócio (…), com o objetivo de reforçar e dar escala à cooperação entre os seus associados, através da troca de produtos, serviços, informações e conhecimento”, pode ler-se no documento que fundamenta a sua constituição.

A cultura e património, a ciência, a economia e especialmente o turismo são eixos sobre os quais se desenvolvem as iniciativas empresariais da REMAM, que acrescenta à plataforma empresarial associativa, a capacidade de inovar e materializar uma política e estratégia concertadas, assentes na inovação, autonomia, cooperação e empreendedorismo – a essência do espírito Magalhânico.

Em curso encontram-se um conjunto de ações que compreendem o suporte de uma rede digital, de uma plataforma de marketing, de comercialização e distribuição, de sistemas de informação de apoio e gestão, de planeamento e ação e de uma vertente direcionada para o turismo e a cultura, onde se insere a elaboração de circuitos turísticos, a internacionalização dos territórios, a qualificação dos recursos humanos e turísticos e a organização/criação de eventos de cariz cultural.

O principal projeto da REMAM é a constituição de uma plataforma tecnológica internacional, comercial e de contactos com dimensão global, para promoção de produtos, serviços, empresas e corporações que se envolvam no projeto Magellan World. É uma plataforma revolucionária, não só pelo seu espírito globalizador e agregador, mas também pela tecnologia aplicada e pelo desenho da sua interface.

Assim como a viagem de há 500 anos, uniu 15 países e 3 oceanos e colocou na história homens e lugares de todo o mundo, hoje a REMAM confirma esta iniciativa empresarial global reunindo o mundo Magalhânico em torno de objetivos e metas comuns.

Fruto de uma cooperação alargada e de um trabalho regular com o Corpo Diplomático Português, a REMAM integra já um conjunto de associações e instituições do setor público e privado em Portugal, Espanha, Argentina, Brasil, Uruguai, EUA e Canadá.

O PNRVT integrou este projeto com o intuito de trazer valor ao território, através do reconhecimento global das potencialidades, essencialmente turísticas, conseguindo envolver-se em ações de promoção e em redes de contactos internacionais, de extrema importância para a afirmação externa deste território.

A Associação de Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes (AETUR) é uma instituição do Vale do Douro e Interior Norte, fundada há 17 anos, com cerca de 200 associados e que tem vindo a ter um papel crescente, na organização dos recursos turísticos regionais, na reiterada procura de modelos de Redes e de cooperação institucional e empresarial e, finalmente, na internacionalização da economia territorial.

Recordamos que no âmbito do projeto Magalhânico o PNRVT foi uma das entidades que já teve a oportunidade de “se mostrar”, a sua beleza, o património, os recursos endógeos, bem como aos empresários a operar no território, em países como Uruguai, Argentina, Brasil, Estados Unidos e Canadá, numa ação de promoção que ocorreu no verão de 2017. Recentemente, ainda integrada no mesmo projeto, recebeu a visita de jornalistas e operadores turísticos, numa ação de familiarização com o território, que vieram conhecer, experimentar, explorar, para posteriormente incluírem o PNRVT nas suas ações de divulgação e comercialização.