PNRVT – Parque Natural Regional Vale do TuaPNRVT – Parque Natural Regional Vale do Tua

PNRVT - Parque Natural Regional Vale do Tua

Already a member?

PNRVT – Parque Natural Regional Vale do TuaPNRVT – Parque Natural Regional Vale do Tua
Forgot password?

Don't have an account?

PELOURINHO DE LINHARES

Marco Jurisdicional / Imóvel de Interesse Público

Inserto numa paisagem pontificada por acidentes geográficos, como o Pico de Linhares e o Monte Serra, o território correspondente, na actualidade, à freguesia de Linhares bordeja a margem direita do Rio Douro que o irriga e fertiliza, conferindo às diferentes comunidades humanas que o atravessaram e nele se fixaram ao longo dos tempos os recursos necessários à sua sobrevivência, como testemunham as gravuras rupestres do ‘Cachão da Rapa’.
Não surpreende, por conseguinte, que a sua fundação remonte a grande antiguidade, tendo chegado a ser Cabeça de Julgado e da Comenda de S. Miguel de Linhares, pertencente à Ordem de Cristo, certamente em razão do seu posicionamento privilegiado no mapa peninsular, constituindo, a par de Ansiães, o primeiro termo bracarense a obter foral, das mãos de D. Fernando I.
De entre as estruturas erguidas ao longo da sua História e, em especial, numa evidência do reforço do poder municipal, destaca-se o “Pelourinho de Linhares”, provavelmente construído apenas no século XVII, ainda que tenha sido transferido, já na década de 40 do século XX, do seu local original para o actual, delimitado por típicas residências graníticas da região.
O pelourinho é constituído por soco formado por três degraus de planta rectangular sobre o qual se ergue o fuste redondo e liso destituído de base, estreitando à proximidade do topo, este último em forma de florão.

Fonte: Direção Geral do Património Cultural