Medida de incentivo ao empreendedorismo atribui bolsa mensal de691,70€ a jovens dos 18 aos 35 anos com uma ideia de negócio viável.

O StartUP Voucher é uma das medidas da “StartUP Portugal – Estratégia Nacional para o Empreendedorismo”, que dinamiza o desenvolvimento de projetos empresariais que se encontrem em fase de ideia, promovidos por jovens com idade entre os 18 e os 35 anos, através de diversos instrumentos de apoio disponibilizados ao longo de um período de até 12 meses de preparação do projeto empresarial.

Para que esse apoio se possa efetivar os candidatos têm de fazer a candidatura por intermédio de uma incubadora certificada, que possua uma rede de mentores capaz de fazer o acompanhamento do projeto, e, nesse sentido o Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) contratou uma incubadora certificada para que possa prestar esse serviço no território. “Para nós não faz sentido que exista essa possibilidade aberta para jovens de todo o país e os nossos não tenham esse apoio no respetivo concelho”, argumenta o diretor do PNRVT, garantindo assim que cada potencial candidato possa desenvolver a respetiva ideia de negócio no município de origem e, posteriormente, implementa-la, criando o próprio posto de trabalho.

Neste momento o PNRVT, em parceria com a incubadora certificada Partnia e com cada um dos cinco concelhos do Vale do Tua (Alijó, Carrazeda de Ansiães, Mirandela, Murça e Vila Flor) está a desenvolver sessões de esclarecimento em cada um dos municípios, para que a informação chegue a todos.

O StartUP Voucher atribui aos jovens cuja candidatura for aprovada uma bolsa mensal de 691,70€, atribuído para o desenvolvimento do projeto empresarial e por um período máximo de 12 meses. Podem ser atribuídas até um máximo de duas bolsas por projeto empresarial; faculta a esses jovens o acesso a uma rede de mentores que forneçam orientação aos promotores e fazem o acompanhamento, passo a passo, do projeto.

Existe um prémio de avaliação intermédia que contempla os beneficiários com um prémio no valor de 1.500€ (aos projetos que obtenham avaliação intercalar positiva em função do cumprimento dos objetivos de cada fase”; e, por fim, prevê ainda a atribuição de um prémio no valor de 2.000€, à concretização do projeto empresarial através da criação de empresa com a constituição de sociedade comercial, desde que esta ocorra após os primeiros 6 meses de participação no programa e até 6 meses após os 12 meses de duração máxima de participação no StartUP Voucher.

A primeira sessão de divulgação desta medida acontece já no próximo dia 22 de agosto, pelas 10h00, no Centro Cultural de Mirandela.