PNRVT – Parque Natural Regional Vale do TuaPNRVT – Parque Natural Regional Vale do Tua

PNRVT - Parque Natural Regional Vale do Tua

Already a member?

PNRVT – Parque Natural Regional Vale do TuaPNRVT – Parque Natural Regional Vale do Tua
Forgot password?

Don't have an account?

Mirandela

Available Rooms

No Rooms Found
Portugal
Mirandela

Em 1548, João de Barros localizava Mirandela “logo adiante (da vila de Lamas de Orelhão) está o rio Tua que he grande e se vai meter no Douro, junto ao qual está a vila de Mirandella, com sua ponte muito boa e comprida que não há muito se fez…”, atestando por esta via a datação da magnífica ponte de cantaria, de dezanove arcos redondos e em ogiva, embora haja quem sustente que o seu assentamento se possa ter verificado sobre uma outra do período romano. A este propósito, diz Pinho Leal (1847) que “em frente da villa se ve lançada a formosa e extensa ponte de cantaria de 19 arcos que atravessa o Tua, cuja atribuição se attribue aos romanos. É a mais comprida das antigas pontes deste reino”.

Por sua vez, a cidade, outrora “isolada e isolante (…) da Província Transmontana” (Amorim Girão, 1949), era amuralhada e com castelo, sendo já citada, no “numeramento do Reino” de 1530, como estando em mau estado pois “he cerqua e partes derribada”, quando um século antes, com D. João I, ainda era considerada fortaleza, pese o facto dos restauros verificados, pois, “he esta villa murada ao uso antigo com débil muro em partes arruinado, e nelle três portas …”, das quais resta presentemente a de Santo António.

É a capital da Terra Quente transmontana, situa-se sobre o rio Tua e, geograficamente, insere-se numa depressão natural, rodeada de paisagens suaves, de solos férteis, culturas diversas, cerealíferas e mediterrânicas, o que confere ao território um aspeto de mosaico, de manta de retalhos, por onde se estende a vista e que, no Verão, ganha intensos tons dourados. O clima é de extremos, bem característico do Nordeste Transmontano, que, no dizer de Columbano Ribeiro da Costa, em 1796, tinha “… ásperos e desabridos invernos, por causa dos grandes frios, neves, gelos e excessivos calores (…) porém é saudável e quase nunca há epidemias, é ardente, os ares são puros e não há águas estagnadas ou montuxos que as inquinem, he abundância de frutos sucosos suppre a falta de água…” .

O rio Tua, veio central da Terra Quente e o seu lençol de água, onde convergem os mananciais do Rabaçal, do Tuela e da Ribeira de Carvalhais, refrescam e espelham a princesa, que por encantamento, amarraquem uma só vez a mira, por ser bela, sedutora, enigmática e aberta aos povos.

É um Município de boas culturas e melhores tradições, reservatório, arquivo da memória e da identidade transmontana, terra de azeite, de amêndoa, de figos e de fumeiros, em que a alheira se destacou como uma grande marca nacional. Mirandela está umbilicalmente ligada à família Távora, donatária da mesma e que legaram, dessa secular tutela, o magnífico solar, onde hoje está a Sede Municipal, bem enquadrada com a albufeira e o tabuleiro da ancestral ponte, presentemente reservada a uso pedonal.

O imenso poder dos Távoras, fulminantemente aniquilado pelo Marquês de Pombal, estendia-se a incontáveis áreas territoriais, ao recebimento de importantes rendas e até à imposição das próprias medidas, como aconteceu em 11 de Março de 1690 quando, na respetiva Sessão de Câmara, foi acordado “fazer no prazo de um mês, uma rasa aferida pela usada na tulha do Marquês de Távora”.

Hoje Mirandela orgulha-se da sua modernidade, da sua centralidade geográfica e cultural e do seu magnífico espelho de água, que funciona como ponto de convergência cívica, social e desportiva.

 

Amenities of Mirandela

Guest Reviews (0 reviews)

Mirandela Mirandela, Portugal

Your overall Rating of this property

Booking Number

Pin Code

Title of your review

Your review

What sort of Trip was this?

  • Business
  • Couples
  • Family
  • Friends
  • Solo